Chama

 

CHAMA

 

Quando sinto que tu me amas,

meu coração em ti se inflama,

pra suspender qualquer razão

e dar-te minha imensidão.

Trazes um amor vadio

que gosta de andar em vão,

num grande e negro vazio

que preencho com paixão.

Não, eu não invento sozinha,

esta paixão não é só minha.

Quando tu falas que me ama

põe mais lenha nesta chama.

 

Altre opere di questo autore